Qual a importância da hidratação da pele especialmente com a idade?

Oi gente bonita! Ressuscitei depois de uma semana e meia de gripe infernal, eu não conseguia nem pensar… Mas vamos lá! Eu resolvi fazer um post com algumas dicas pra gente ir se preparando pra estação mais legal e alegre, e também que podia durar o ano inteiro: o verão. Agora eu vou fazer a pergunta: Você sabe qual a importância da hidratação da pele especialmente com o avançar da idade?

Eu sei que inverno a gente anda toda coberta, fica meses sem depilar, sem esfoliar, sem nada, e quando chega o verão a gente sai correndo fazer tudo ao mesmo tempo, bem louca. Então, já que a primavera nos deixa mostrar um pouco de pele sem exageros e vamos por partes, certo? Bem mais fácil cuidar e fazer a hidratação da pele do corpo.

Qual a importância da hidratação da pele especialmente com o avançar da idade?

A gente vai reunir todos os produtos que a gente tem que usar no verão: protetor solar facial, corporal – quem tem um separado pras mãos juntaÊ – hidratante corporal, facial, das mãos, dos pés, esfoliantes, hidratantes pro cabelo, e claro, a querida garrafa de água. A primeira coisa que a gente tem que prestar atenção é na data de validade de tudo isso.

Deve ter algum produto que a gente não usa faz tempo, desde o verão passado talvez, e que se usar fora da validade pode trazer algo prejudicial pra pele ou cabelos. Então, cuida disso, se tiver fora da data de validade, compra outro e joga esse velho aí fora.

Aí, a gente tem que prestar muita atenção no protetor solar facial. Precisa ser oil free, de preferência em gel, porque absorve mais rápido sem deixar melecadinho. É ótimo pro verão porque a nossa pele fica mais sequinha, e pra usar maquiagem no suador do verão, haja paciência.

Esse item eu recomendo pagar o que tiver que pagar, porque afinal de contas, é ele quem vai proteger nosso rostinho de boneca dos raios ultravioleta do sol, fazendo com que as rugas e sinais retardem pra aparecer, ou apareçam bem poucos. Ninguém quer parecer mais velho do que realmente é, certo?

O protetor solar corporal pode ser um oil free em gel também caso você tenha o hábito de usar ele todos os dias, quando usa uma roupa que mostre mais pele. É recomendável usar sim, todos os dias onde a pele mostra, pelo mesmo motivo que a gente usa no rosto. Caso você não se importe e até prefira os que não são em gel, porque já dão aquela hidratada, vai fundo e tenha cuidado com a hidratação da pele do rosto.

O protetor solar pra mão é raro de encontrar, especialmente algo que não meleque muito e que tenha um cheiro agradável pra ficar impregnado nas mãos. Geralmente a gente usa um hidratante com um cheiro menos forte, ou algum que a gente gosta mesmo, porque as mãos vão o tempo todo pra perto do rosto, e quem tem alergias pode complicar com isso, e ficar espirrando. Então, o que dá de fazer é misturar o protetor solar corporal ou facial no seu hidratante querido.

Se você achar um hidratante pra mãos que já tenha fator de proteção, melhor ainda. Só precisamos ficar atentas e passar nas mãos o tempo todo – de duas em duas horas ou sempre que lavarmos as mãos.

O hidratante corporal é um ótimo aliado, é um produto que eu não dispenso jamais, e que em longo prazo pode ser muito mais benéfico do que a gente imagina. Além de hidratar e deixar a gente cheirando a flores e frutas, o hidratante corporal, quando usado todos os dias, pode trazer muito mais benefícios como firmar a pele, ficar mais resistente a estrias e marcas ou manchas, e ainda prevenir as rugas – tem muita mulher de mais idade que tem rugas no pescoço e no colo, e isso a gente também não quer! Então, abusa mesmo, dá uma de Xuxa com Monange e mergulha dentro do potinho, porque é assim mesmo.

Esfoliantes são tão importantes quanto qualquer outra coisa. O mais importante é que ele remove as células mortas da nossa pele e estimula a circulação do sangue, que faz crescer células novas e lindas, e lisinhas e resistentes. No rosto é recomendável uma esfoliação a cada 15 dias pra quem tem pele oleosa, e um espaço de tempo maior pra quem tem pele normal à seca. Isso porque quem tem pele oleosa tem a pele mais resistente por natureza – pode reparar que geralmente quem parece muito mais jovem do que é, tem pele oleosa – e as peles normais e secas precisam de cuidados delicados, justamente pelo fato de serem mais finas.

Quem tem pele oleosa pode até usar um esfoliante mais bruto, mas nada de tacar areia de parquinho no rosto e sair esfoliando! Já as normais e secas pedem um esfoliante mais fininho e delicado.

Os esfoliantes corporais são importantes pra que os pelos não encravem, além de remover células mortas e repor com células novas. É indicado usar na região das coxas e bumbum, já que essas áreas são as mais afetadas por roupas justas, e a gente sempre fica com aquelas bolinhas na pele. Isso é pelos encravados. Por mais que a gente não tire pelos da coxa – eu não preciso, por exemplo – ainda assim os pelinhos fininhos encravam também devido à pressão que a roupa exerce.

Os esfoliantes para os pés são um aliado no verão, que é quando a gente anda com o pé mais à mostra – e muito hidratante também! Pra evitar o calcanhar ressecado, e até odores indesejáveis, além de lavar bem e secar melhor ainda, o esfoliante, quando remove as células mortas, dá uma baita ajuda pra que elas vão em paz, sem deixar o chulé grudado na gente. E o hidratante faz a vez de amaciar essa região, contribuindo com um cheirinho gostoso.

O tônico facial é outra coisa imprescindível, já que ele refresca a pele e sela os poros, evitando assim que o óleo apareça por um bom tempo, e que substâncias ruins pra nossa pele penetrem nela pelos poros também. Novamente precisa ser dividido de acordo com o tipo de pele. As oleosas precisam de um tônico adstringente, que seca bem – caso você tenha pele oleosa, mas seu tônico adstringente faz você sentir sua pele muito seca e repuxada, pegue um pra peles normais e teste.

As normais, o tônico suave e as secas o tônico hidratante. As mistas, porém precisam de um tônico pra cada tipo de pele também: na parte oleosa, o adstringente e na parte normal ou seca o próprio pro tipo de pele.

E os hidratantes faciais, mesma coisa. Pele oleosa pede um em gel, oil free. Pele normal pede um balanceado, e pele seca pede um mais pesadinho. As mistas no caso, se achar hidratante pra pele mista, pega esse. Senão, divide também de acordo com o que você tem. E olha, é muito importante hidratar bem, e quem acha que pele oleosa não hidrata, hidrata sim! Se não passar hidratante, a pele sente que está seca e produz mais óleo – quando a gente toma um banho mais quente no inverno, por exemplo, ou sai do banho e passa o tônico adstringente.

E isso é reação em cadeia, bola de neve, e a pele produz cada vez mais óleo, tanto que chega a dar pra fritar batata na testa – hahaha ui! Portanto é importante hidratar sim, e tomar bastante água, pra balancear a produção de óleo.

E gente, o mais importante de tudo ever além de todas essas coisas que a gente adora, é o desodorante. Recentemente eu tenho travado uma batalha com desodorantes porque eu não sei o que aconteceu, que de uma hora pra outra, meu suor aumentou, e minhas blusas ficam molhadas, e as que são mais claras, acabam amarelando. Graças a deus, odor não vem, fica o cheirinho do desodorante mesmo, mas em questão de transpiração mesmo, a coisa tá preta.

Ando testando vários – e eu prefiro em spray porque os outros me agoniam, melecam e esfarelam – então, quem tiver o mesmo problema ou souber de alguma coisa que realmente funcione, me avise.

Mas voltando, o desodorante é muito importante, e eu vou contar uma coisa que, apesar de tudo, muita gente faz errado e nem sabe. A gente acorda, toma aquele banho, faz tuuuudo isso daí, e passa o desodorante. No meio da tarde de verão, suando muito, a gente vai ao banheiro, e passa de novo. Aí sai do trabalho, da aula, vai dar uma volta e tomar um sorvete com os amigos, e passa de novo. Só vai tirar quando chega em casa e toma banho.

Gente, isso é sinal vermelho, errado, não! Sabe por quê? Porque nas nossas axilas, o suor, além da água que sai, sai urina, sai bactérias, sai micróbios… E toda vez que a gente só coloca mais desodorante em cima, tá acumulado já um pouco dessa meleca geral ali, e a reação pode ser inversa. Especialmente se você usa desodorante em roll-on ou bastão, porque encosta ali, aí guarda todo melecado com coisa ruim, e passa ali de novo… Não pode.

O que o ser humano inventou que tem mais de mil e uma utilidades, muito mais útil que bombril mesmo, é o lenço umedecido. Pode ser os de neném mesmo, mas compra um pacotinho e enfia na bolsa, porque o desodorante precisa funcionar direito. E muitas vezes ele não funciona por culpa nossa, aí a gente fica bravinha e para de comprar aquele lá porque acha que não dá conta.

Aí assim, toda vez que você sentir a necessidade de passar mais desodorante, vai ao banheiro com seu lencinho umedecido, passa o lencinho na axila pra tirar tudo que tem ali, espera secar e aí sim passa de novo o desodorante. Pode crer que você vai se sentir mais limpa, cheirosa e fresca, e certamente odor ruim e transpiração vai cessar ou diminuir bastante.

Eu tô quase comprando desodorante masculino pra ver se funciona comigo, porque blusa com manga tá sendo inimiga minha, até no inverno, nos dias que a gente sua um pouco por conta do calorzinho inesperado de um dia de sol.

Mas é assim que funciona, viu? Não vai acumulando coisarada nojenta embaixo do braço, porque depois pode piorar trazer alergias e problemas de pele. Ninguém quer certo?

E claro cuidado com os cabelos. Piscina, praia, mar, água salgada, todas essas coisas estragam. Então, sempre procura um bom profissional pra te orientar quanto ao tipo de cabelo que você tem, porque não basta saber se ele é oleoso, normal ou seco. A gente precisa saber se tem tintura, se tem outras químicas, como funciona e o que é indicado.

Os cremes de supermercado são bons pra gente usar no dia a dia, dar uma disfarçada aqui e ali, mas se tiver precisando mesmo, marca uma hidratação no salão, que essa é power, e se puder, compra o produto que o profissional usou em você, que aí você pode usar em casa, no espaço de tempo indicado, sem ter que ficar indo ao salão toda vez.

Pra quem é loira, especialmente se é loira pintada, existem produtos que ajudam o cabelo a não esverdear com o cloro da piscina, e pra quem usa preto ou vermelho, ou cores vibrantes, também existem produtos que ajudam a não desbotar tão facilmente.

Eu sei que pode parecer muita coisa, mas a gente vai sempre aos pouquinhos, e quando vê, já tem tudo o que precisa pra se cuidar e ficar linda, não importa a estação. Esse post foi feito pensando nas estações quentes do ano porque a gente tende a ficar com preguiça por conta do calor; por ser um clima mais agradável, à gente fica mais largadinha, usa menos roupa…

Então é sempre bom estar em dia com tudo isso, porque se a gente, quando vê um pé ressecado na rua, um cabelo verde ou uma perna peluda, já comenta, imagina se alguém vir isso na gente? Não vamos querer pessoas comentando, né? E a gente sabe muito bem como mulher é… Aí, pra prevenir…

Eu espero que vocês tenham gostado do meu mega post preparatório, a gente sempre tem que tomar muito cuidado com os produtos, usando sempre o que for indicado pro nosso tipo de pele e cabelos, porque só assim vai fazer o efeito que promete.

Juntem isso tudo com uma dieta balanceada, os alimentos termogênicos, exercícios e muita, mas muita água e o resultado será felicidade. Uma autoestima lá em cima é imprescindível pra qualquer pessoa, e se a gente conseguir alcançar isso fazendo tudo da maneira mais natural possível é melhor ainda!

Preparem-se lindas e maravilhosas que a estação alegre tá chegando, e a gente tem que tá à altura!

Agora que você sabe qual a importância da hidratação da pele especialmente com o avançar da idade não descuide.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *