Quero emagrecer com saúde o que fazer? Dicas reveladoras

Bloqueador de anúncios detectado

O Blog Harmonia Natureza é sustentando com exibição de anúncios online para os nossos visitantes. Considere nos apoiar desativando o seu bloqueador de anúncios do navegador.

Quero emagrecer com saúde o que fazer? Vou passar dicas simples e diretas para perder peso e poderá manter o peso que deseja por um longo período sem prejudicar a saúde.

Cada vez que eu comento alguma história sobre alguma “garota fitness”, é inevitável que o assunto emagrecer venha à tona. Tanta disciplina desperta admiração em todos…

Alguns acham impossível seguir o mesmo esquema, outros pedem a receita. Depois de ler muito sobre nutrição, experimentar algumas teorias e ouvir o que também já funcionou para outras pessoas, acho que posso dar algumas dicas eficazes para quem se dispõe a ter uma vida mais saudável e leve. =)

Hoje em dia se encontra muitas pessoas perguntando como:

. quero emagrecer bem rápido como faço

. quero emagrecer como faço

. quero emagrecer com saúde o que fazer

Entenda agora – Quero emagrecer com saúde o que fazer?

Quero-emagrecer-com-saúde-o-que-fazer

Entenda mais sobre seu metabolismo

Os picos de insulina são os principais responsáveis por você não queimar gordura. Quando esse hormônio está alto no sangue, seu corpo simplesmente deixa de ter acesso à gordura como fonte de energia. É fisiológico. Sua dieta precisa evitar alimentos que causem esses picos, caso contrário, você jamais conseguirá perder gordura. Veja detalhes aqui.

Quero emagrecer com saúde o que fazer – Fuja dos industrializados

Alimentar-se com produtos naturais é a melhor alternativa que você pode oferecer a seu corpo. Parece meio bobo falar, mas se você pensar bem, faz sentido nutrir o organismo com as fontes que sempre estiveram disponíveis na natureza em vez das aberrações criadas pela indústria.

Mesmo que seja light, mesmo que tenha baixo teor de sódio, mesmo que a embalagem grite que aquele produto é zero… Se puder evitar, não coma!

Você vai estar deixando de consumir um monte de ingredientes artificiais, conservantes, corantes, emulsificantes, entre outras invenções da indústria que não fazem bem pra você.

Quero emagrecer com saúde o que fazer – Livre-se dos açúcares e das farinhas refinadas

Eles são a verdadeira chave para a epidemia da obesidade que nos atinge. Por elevarem os níveis de insulina do sangue, esses ingredientes criam um círculo vicioso que impede a queima de gordura, ligam o modo de armazenamento lipídico e acionam os hormônios da fome, pois você estará esgotando sua energia em forma de glicose livre no sangue antes que seu corpo volte às níveis hormonais favoráveis para a queima de gordura como fonte energética.

Troque essas duas fontes simples e densas de carboidrato por fontes densas de gordura e proteína, como carnes e ovos, usando vegetais fibrosos como base de sua ingestão de carboidratos.

Se quiser ser ainda mais bacana com seu organismo, tire da sua rotina alimentar tudo o que tiver glúten, presente em pães, bolachas, cerveja, whisky…

Uma vez que o glúten é a principal proteína dos grãos de trigo, aveia, centeio, cevada e malte. Cerca de 15% da população tem algum tipo de intolerância a esse nutriente e o fato de remover esse alimentos do seu dia a dia por si só já ajudará na perda de peso, pois eles são calóricos e ricos em carboidratos, porém pobres em nutrientes.

Não conte calorias

Pense bem: você faz contas para respirar? Para ir ao banheiro? Tem algum mecanismo para decidir o quanto transpira durante o dia?

Então por que com sua alimentação seria diferente, se a ingestão de alimentos nada mais é do que uma série de combinações fisiológicas, químicas e hormonais do nosso corpo para se manter ativo e energeticamente suprido?

Antes de sermos cada vez mais obesos, a humanidade não andava por aí calculando macros e contando calorias…

As pessoas simplesmente comiam, de maneira saudável, natural e sem exageros. Uma vez que você regula seus níveis de insulina (a chave!), seu corpo passa a não sentir mais aquela compulsão maluca por comidas engordativas.

Como uma ex-viciada em doces, eu te garanto: coma o que a natureza lhe fornece diretamente, envolva-se com o preparo dos seus alimentos, nunca mais conte calorias e veja sua compulsão por doces e pães acabar. Não é mágica, é ciência.

Adapte o cardápio de maneira a criar novos hábitos alimentares

Uma dieta só faz sentido se você consegue segui-la a longo prazo, se ela não te faz passar fome nem precise fazer um esforço além das suas forças para manter.

De que adianta você passar a fazer uma dieta monótona, cheia de restrições e repleta de alimentos dos quais você não gosta, se você vai perder alguns quilos e depois voltar a ganhá-los, ou encontrar até mais deles pelo caminho?

A melhor maneira de manter-se magro é incluindo alimentos e modos de preparo que goste no seu cardápio. Uma média boa também é seguir a regra dos 80/20: você segue a dieta por 80% do tempo e sai dela em 20%, nas ocasiões programadas e especiais.

Cuidado com as frutas!!!

A frutose vem sendo muito estudada nos últimos anos e foi apontada como uma das principais causas do armazenamento de gordura geral e, particularmente, gordura abdominal.

Isso ocorre devido ao metabolismo desse açúcar presente nas frutas, que é rapidamente metabolizado na forma de gordura, bem mais rapidamente do que a glicose. Dessa maneira, a frutose desregula o controle do apetite, pois mexe diretamente com os hormônios grelina e leptina, diretamente ligados ao controle da fome.

Além disso, já foi percebido que a frutose colabora para o aumento do “mau” colesterol (LDL) e a diminuição do “bom” colesterol (HDL), elevando também os triglicerídeos, pressão sanguínea e elevando os níveis de açúcar no sangue, tudo que colabora para um quadro de síndrome metabólica, como o médico e pesquisador Richard Johnson afirma em seu recente livro, o “The Fat Switch”.

Livre-se do medo das gorduras

Talvez esse seja o ponto mais controverso das minhas descobertas nutricionais: a de que as gorduras na verdade são boas para o nosso corpo. Uma vez estabilizados os níveis de insulina (de novo ela), seu corpo vira uma máquina queimadora de gordura – a fonte mais eficiente de energia que temos, e não um tecido corporal feito unicamente para armazenar banha e te deixar gordo.

O medo da gordura começou na década de 60 e foi criado por um pesquisador que lançou essa hipótese baseado em estudos observacionais sem base sólida.

Desde então, muitos cientistas sérios seguiram pistas e embasaram pesquisas científicas que colocaram por terra a relação da ingestão de gordura (inclusive a saturada) com problemas cardíacos e obesidade – sendo que os verdadeiros vilões desta são as farinhas e os açúcares refinados.

Diminuir as gorduras prejudica seu sistema neurológico, sua síntese hormonal e automaticamente faz com que você esteja consumindo mais carboidratos e açúcares do que deveria!

Acho que é um começo.

Vamos juntos em prol de uma vida saudável e cheia de comidas gostosas!

Quero emagrecer com saúde o que fazer? Dicas reveladoras
Avalie
-->Aproveite e cadastre seu email abaixo para receber novas atualizações do site. Após colocar o seu email abaixo vai receber um email de confirmação de cadastro não esqueça de clicar.<--

Receba novidades no seu email:

Delivered by FeedBurner

Deixe uma resposta

Digite abaixo a numeração *