Dieta da usp emagrece mesmo: faz perder 15 kg em 15 dias

Bloqueador de anúncios detectado

O Blog Harmonia Natureza é sustentando com exibição de anúncios online para os nossos visitantes. Considere nos apoiar desativando o seu bloqueador de anúncios do navegador.

Sucesso nos anos 90, a dieta da usp emagrece mesmo e até hoje procurada pelos brasileiros. O motivo é simples: o método promete emagrecer muito em pouco tempo, com um cardápio basicamente formado de ovos, presunto e café.

A dieta da usp emagrece mesmo, método de emagrecimento mais famoso dos anos 90, funciona, mas oferece perigos à saúde.

Dieta da usp emagrece mesmo

Dieta-da-usp-emagrece-mesmo

Apesar do nome, a origem dessa dieta é duvidosa e já foi motivo de discussão. A própria Universidade de São Paulo não confirma o fato de o cardápio ter sido elaborado por seus especialistas. Mas, uma coisa é fato: quem fez garante que emagrece mesmo.

A princípio, a dieta deve ser seguida por apenas 15 dias. “Se for mantida por um tempo maior, a pessoa pode ter complicações renais e alterações cardíacas”, diz a nutricionista Larissa Cohen, do Espaço Stella Torreão, no Rio de Janeiro.

Não se pode deixar de levar em conta os efeitos colaterais que a pessoa pode ter durante a dieta, como cefaléia, constipação intestinal, mau hálito, cansaço, fraqueza muscular, alterações no sono, estresse físico e emocional e, como todas as dietas de perda rápida, o risco de engordar tudo de novo. Vai encarar?

Cintura fininha x saúde

Se o objetivo é perder peso e o regime for seguido à risca, ele funciona, mas com algumas ressalvas. “O emagrecimento é rápido devido à perda de líquidos, massa muscular e pouca gordura. Quando a pessoa atingir seu objetivo e relaxar, ou seja, voltar à alimentação habitual, não conseguirá manter essa perda de peso”, alerta Larissa.

Emagrecimento saudável é aquele em que não perdemos massa muscular nem líquidos, e sim gordura de verdade; é um emagrecimento que não permite sacrifícios e se torna prazeroso ao longo do tempo.

A nutróloga Flávia Pinho aconselha a sempre procurar um médico antes de começar qualquer dieta com restrição calórica. “Muita doenças como hipertensão, diabetes, colesterol elevado são silenciosas”, explica a especialista.

Primeiro Dia

Manhã: Café preto sem açúcar, com adoçante
Almoço: 2 ovos cozidos e ervas a desejar
Jantar: salada de alface com pepino e salsão à vontade

Segundo Dia

Manhã: Café com bolacha cream-crakers
Almoço: 1 bife grande com salada de frutas à gosto
Jantar: Presunto à vontade

Terceiro Dia

Manhã: Café com biscoito cream-crakers
Almoço: 2 ovos cozidos, salada de vagem e 2 torradas
Jantar: presunto e salada

Quarto Dia

Manhã: Café com biscoito
Almoço: 1 ovo cozido, 1 cenoura e queijo minas à vontade
Jantar: Salada de frutas e iogurte natural

Quinto Dia

Manhã: Cenoura crua espremida com limão e café preto
Almoço: Frango grelhado à vontade
Jantar: 2 ovos cozidos com cenoura

Sexto Dia

Manhã: Café com biscoito
Almoço: Filé de peixe com tomate à vontade
Jantar: 2 ovos cozidos com cenoura

Sétimo Dia

Manhã: Café com limão.
Almoço: Bife grelhado e frutas à vontade.
Jantar: Comer o que quiser, menos doce e bebidas alcoólicas

Observação sobre a dieta da usp :

1 – Depois de completa esta série, comece novamente desde o primeiro dia ao sétimo dia. Depois de 14 dias você terá perdido 14 Kg. No 15º dia você poderá retornar a seus hábitos alimentares.
2 – Ervas permitidas: agrião, chicória, alface. Pode beber água, café e chá o dia inteiro.
3 – Não deve trocar os alimentos da dieta e nem substituí-los de horário.

Dietas que prometem um emagrecimento rápido e prático são sempre um sucesso de popularidade, principalmente entre as mulheres. E a Dieta da USP é uma delas. Ela surgiu na década de 90 e, apesar do nome, não está relacionada à Universidade de São Paulo, a famosa USP. Tanto que os médicos e nutricionistas da universidade não endossam nem recomendam a sua prática. Acredita-se que a razão para a dieta ter esse nome seja para que ela passe uma “credibilidade” às pessoas.

A DIETA DA USP FUNCIONA?

A Dieta Da USP De acordo com revistas da área,  a Dieta da USP pode ser definida como uma “dieta de emergência”, caracterizada por uma alimentação extremamente restritiva com perda de massa em um curto período. Um casamento ou ocasião especial, podem ser caracterizados como “emergências” para quem realiza essa dieta.

Cardápio da Dieta

  • Primeiro Dia: Desjejum – Café sem açúcar e, se possível, sem adoçante. Almoço – 2 ovos, que podem ser fritos, cozidos ou mexidos. Jantar – Salada com alface, salsão e pepino.
  • Segundo Dia: Desjejum – Café e bolacha água e sal. Almoço – Salada de frutas variadas e 1 bife. Jantar: Presunto (quantidade livre).
  • Terceiro Dia: Desjejum idêntico ao segundo dia. Almoço – 2 ovos cozidos, 2 torradas e salada de vagem. Jantar – Salada temperada com azeite e presunto.
  • Quarto Dia: Mesmo desjejum do dia anterior. Almoço – 1 cenoura, 1 ovo cozido e queijo minas (quantidade livre). Jantar – Iogurte natural acompanhado por salada de frutas mistas.
  • Quinto Dia: Desjejum – Café sem açúcar e cenoura crua com limão. Almoço – Frango grelhado (quantidade livre). Jantar – Cenoura e 2 ovos cozidos.
  • Sexto Dia: Desjejum – Bolacha água e sal e café sem açúcar. Almoço – Filé de peixe com tomates (quantidade livre). Jantar – Cenoura e 2 ovos (preparação livre).
  • Sétimo Dia: Desjejum – Apenas café sem açúcar. Almoço – Frutas (quantidade livre) e 1 bife grelhado. Jantar – Alimentação livre, sem doces ou bebidas alcoólicas.

Depois do sétimo dia, reinicia-se o cardápio por mais uma semana. Vale ressaltar que segundo a nutricionista Larissa Cohen, se essa dieta for mantida por um tempo superior a duas semanas, a pessoa pode apresentar complicações renais e cardíacas.

Associado ao cardápio existem algumas regras específicas na Dieta da USP: 1) Água, café e chá são bebidas liberadas durante todo o dia.

2) Os alimentos não devem ser trocados e nem consumidos em horários diferentes do especificado.

3) Para temperar ou acompanhar os alimentos, agrião, alface, chicória e tomate estão liberados.

4) Esse regime não é recomendado para pessoas que possuem diabetes mellitus tipo 2 ou hipotireoidismo. Já que esse cardápio apresenta influência direta nos níveis de glicemia e no sistema endócrino.

Riscos e Efeitos Colaterais

A Dieta da USP é muito parecida com a dieta da proteína, por recomendar a redução drástica de alimentos que contenham carboidratos, motivando um maior consumo de alimentos proteicos e com gordura.

Ela aposta num regime de baixo consumo de calorias diárias, fazendo com que a pessoa emagreça rapidamente. No entanto, as medidas perdidas não são relativas à menores índices de gordura, mas sim perda de massa magra e líquidos, pois sem o consumo de carboidratos, o corpo recorre à massa muscular para produzir energia. Tal comportamento do organismo traz diversos riscos à saúde.

Dentre os efeitos colaterais da dieta estão: fraqueza muscular, tontura, dificuldades em prestar atenção e manter o foco, estresse, alterações no sono, cansaço, dores de cabeça, estresse, irritação e mal hálito (causado pela cetose metabólica).

Um outro problema causado pela Dieta da USP e similares, é que após a grande perda de massa magra, o seu corpo fará de tudo para repor o que foi perdido quando a alimentação normal for retomada. Então, o peso perdido irá retornar rapidamente, podendo haver um ganho ainda maior de peso.

Como emagrecer com saúde

Caso a pessoa opte por fazer a Dieta da USP é importante não permitir o retorno aos hábitos alimentares anteriores, pois isso irá gerar um alto índice de ganho de peso. A melhor forma de emagrecer com saúde é ter uma alimentação saudável e balanceada.

A reeducação alimentar é a forma mais segura de perder peso. O emagrecimento não será imediato, mas os resultados serão duradouros e não haverá riscos à sua saúde. Hábitos saudáveis de alimentação podem gerar resultados interessantes, principalmente quando associados à atividade física regular e um sono mais tranquilo.

Caso haja necessidade de emagrecimento rápido devido à problemas físicos e de saúde, consulte profissionais especializados. Eles irão ajudar a montar o cardápio ideal e nutritivo para o seu processo de perda de peso, sem gerar danos à sua saúde.

Conclusão:

Atenção eu já fiz esta dieta e realmente ela cumpri o que promete, mas ela me deixou muito cansado, não tinha animo pra nada e muito dor de cabeça, passava o dia inteiro deitado e infelizmente pouco tempo depois engordei novamente, percebi que foi só voltar comer proteínas e carboidratos juntos (arroz, feijão, carne e legumes/salada)  que a dieta não valeu de nada…

Fica a dica para quem quer tentar esta dieta.

Dieta da usp emagrece mesmo: faz perder 15 kg em 15 dias
Avalie
-->Aproveite e cadastre seu email abaixo para receber novas atualizações do site. Após colocar o seu email abaixo vai receber um email de confirmação de cadastro não esqueça de clicar.<--

Receba novidades no seu email:

Delivered by FeedBurner

Deixe uma resposta

Digite abaixo a numeração *