Dieta da proteína alimentos permitidos: mais músculos e menos barriga

Bloqueador de anúncios detectado

O Blog Harmonia Natureza é sustentando com exibição de anúncios online para os nossos visitantes. Considere nos apoiar desativando o seu bloqueador de anúncios do navegador.

A dieta da proteína alimentos permitidos baseia-se em aumentar o consumo de proteínas e diminuir o de carboidratos. “Alimentos proteicos demoram mais tempo a serem digeridos e absorvidos pelo organismo. Por isso, prolongam a sensação de saciedade e reduzem a compulsão por carboidratos e doces.

Com a demora na digestão na dieta das proteínas, o organismo passa a usar a gordura para produzir energia, o que leva à perda de peso”, explica Roseli Rossi. Entendeu por a dieta das proteínas é tão potente?

E não é só isso, não. Uma dieta rica em proteínas é aliada de um corpo sequinho e curvas acentuadas. “As proteínas favorecem a construção de músculos, que aceleram o metabolismo e, por isso, queimam mais calorias”, explica Roseli Rossi, nutricionista da Clínica Equilíbrio Nutricional (SP).

Dieta-da-proteína-alimentos-permitidos

Conheça agora a dieta da proteína alimentos permitidos

Dieta de fases

A dieta das proteínas de alto valor biológico é dividida em três fases. A mais decisiva é a primeira: dura 14 dias e tem apenas 1000 calorias, mas derrete até 50% do peso que está em excesso. Se você tem 1,60 metro de altura e pesa 70 quilos, pode eliminar até 7 logo no início.

Mas é importante fazer exercício moderado especialmente nos três primeiros dias, quando o organismo pode se ressentir da falta de carboidrato) e regularmente para chegar nesse resultado. Você precisa emagrecer menos: de 3 a 4 quilos? Faça a primeira fase só até atingir essa meta.

A fase 2, seguida por cinco semanas e menos restritiva (começa com 1100 calorias e termina com 1500), vale por uma reeducação alimentar. Alguns itens antes proibidos voltam ao cardápio, mas só é liberado um tipo por semana.

O ideal é priorizar verduras, legumes, castanhas, carnes e leite magros – alimentos com baixo e médio índice glicêmico. Quando esse índice é alto, o açúcar sobe rapidamente na corrente sanguínea, o que resulta no aumento da insulina. Em grande quantidade, esse hormônio faz o corpo estocar gordura. Na fase 3, todos as alimentos são liberados, desde que consumidos com controle.

Lembre-se: o sucesso depende de você ser fiel aos princípios da dieta. Quanto mais tempo conseguir domar a balança, mais fácil será manter o ponteiro no lugar certo.

Fase 1: seca até 7 kg

Em 14 dias, este cardápio com 1000 calorias, pode fazer você comemorar a perda de até 50% do peso excedente. Um exemplo? Se você mede 1,60 metro e pesa 70 quilos, consegue eliminar cerca de 7 quilos. Mas tem de seguir as regras direitinho

Dieta da proteina alimentos permitidos no café da manhã

opção 1: Shake proteico: 1 copo (200 ml) de leite desnatado e 2 col. (sopa) de whey protein (no sabor de sua preferência). Use mixer ou liquidificador para misturar bem o produto + 2 fatias médias de queijo minas frescal light 0% de gordura + 2 fatias de presunto magro

opção 2: 1 pote (100 g) de iogurte desnatado e 2 col. (sopa) de whey protein (no sabor de sua preferência). Use mixer ou liquidificador para misturar o produto + 1 queijinho fundido light + 4 fatias de peito de peru light

opção 3: 1 taça de musse de morango com whey protein + 1 ovo cozido ou mexido

Dieta da proteina alimentos permitidos no lanche da manhã

opção 1: 1 pote (100 g) de iogurte desnatado (adoçante, opcional)

opção 2: 2 fatias médias de queijo minas frescal light 0% de gordura + 2 fatias de peito de peru

opção 3: 1 xíc. (chá) de café com leite desnatado e adoçante

Dieta da proteína alimentos permitidos no almoço

opção 1: 1 filé (120 g) de frango grelhado + Salada mista: agrião, alface, espinafre, pepino, rabanete e brotos de feijão e alfafa, à vontade

opção 2: 1 filé (120 g) de filé-mignon grelhado + Salada verde: alface, rúcula e agrião, à vontade

opção 3: Salada completa: 4 col. (sopa) de atum e folhas verdes de sua preferência, à vontade

Dieta da proteína alimentos permitidos no lanche da tarde

opção 1: Shake proteico: 1 copo (200 ml) de leite desnatado e 2 col. (sopa) de whey protein (no sabor de sua preferência). Use mixer ou liquidificador para misturar bem o produto

opção 2: 1 pote (100 g) de iogurte desnatado e 2 col. (sopa) de whey protein (no sabor de sua preferência)

opção 3: 1 taça de gelatina cremosa de morango com whey protein

Dieta da proteína alimentos permitidos no jantar

opção 1: Omelete: 1 gema e 2 claras com 2 xíc. (chá) de brócolis cozidos no vapor

opção 2: 1 filé (200 g) de peixe (pescada, merluza, badejo) ou 1 peito (120 g) de frango grelhado +  Salada de folhas verdes de sua preferência, à vontade

opção 3: 1 filé (120 g) de frango grelhado + 1 prato (fundo) de sopa de creme de brócolis

Fase 2: estimula novos hábitos

Esta é a etapa que reduz as restrições alimentares e libera, gradualmente, alimentos antes proibidos, como fruta seca, pão integral, grãos e batata – um tipo a cada sete dias. Começa com 1100 calorias e termina com 1500. Em cinco semanas, você enxuga os 50% que faltavam perder dos extras. O cardápio básico é o mesmo da fase 1, com algumas alterações

1ª SEMANA
• Beba 2 shakes proteicos por dia (café da manhã e/ou lanches da manhã ou da tarde)
• No café da manhã, acrescente à opção escolhida 1 porção de fruta, a escolher: 1 maçã
ou 1 banana-prata ou 1 pera ou 1/3 de papaia ou 1 fatia média de mamão ou 1 fatia média de melão ou 1 laranja ou 5 morangos ou 1 kiwi + 1 fatia de pão integral ou 1 pão francês integral ou 1 fatia de pão sírio pequeno
• No almoço e no jantar, inclua na opção escolhida verduras e legumes à vontade (acelga, abóbora, abobrinha, couve-flor, berinjela, tomate, cenoura)

2ª SEMANA
• Beba 2 shakes proteicos por dia (café da manhã e/ou lanches da manhã ou da tarde)
• No lanche da manhã e da tarde, acrescente à opção escolhida 1 porção de fruta, a escolher

3ª SEMANA
• Beba 2 shakes por dia (café da manhã e/ou lanches da manhã ou da tarde)
• No almoço, acrescente à opção escolhida 1 porção de carboidratos (3 colheres/sopa de arroz integral ou 1 pegador de macarrão integral ou 2 fatias de pão integral) ou 1 porção de grãos (3 colheres/sopa de lentilha, ervilha, feijão ou feijão-branco ou grão-de-bico

4ª SEMANA
• Beba 2 shakes proteicos por dia (café da manhã e/ou lanches da manhã ou da tarde)
• No almoço, acrescente à opção escolhida 1 porção de carboidratos/amido: 2 batatas pequenas assadas ou cozidas ou 1/2 mandioca ou 1 pedaço de mandioquinha ou 2 col. (sopa) de abóbora + 1 porção de frutas: 1 banana-prata ou 1 maçã ou 1 pera ou 1/3 de papaia ou 1 fatia média de mamão ou 1 fatia média de melão ou 1 laranja ou 5 morangos ou 1 kiwi

5ª SEMANA
• Beba 2 shakes proteicos por dia (café da manhã e/ou lanches da manhã ou da tarde)
• No café da manhã, acrescente à opção escolhida 1 fatia de mussarela e 1 col. (chá)
de margarina ou manteiga light

 Fase 3: mantém o peso

Agora que você alcançou sua meta, tudo pode, até doce (óbvio, moderadamente). Nesta etapa, o whey protein não é mais imprescindível, mas os demais alimentos com proteínas de alto valor biológico continuam no cardápio, que tem 1500 calorias – uma boa medida para você manter para sempre o peso conquistado

CAFÉ DA MANHÃ

opção 1: 1 pote (100 g) de iogurte light + 2 col. (sopa) de granola light + 1 fatia de pão integral com 1 fatia de peito de peru e 2 fatias de queijo branco

opção 2: 1 xíc. (chá) de café com leite desnatado e adoçante + 1 pão francês sem miolo com 1 col. (sopa) de queijo cottage + 1 fruta (banana, ameixa vermelha)

opção 3: 1 copo (200 g) de suco light de fruta + 1 pão francês integral com 1 fatia de mussarela light e 1 fatia de peito de peru + 1 pote (100 g) de iogurte light

LANCHE DA MANHÃ

opção 1: 3 nozes + 3 damascos + 1 queijinho fundido light

opção 2:  1 fruta (maçã, pera, kiwi) + 1 pote (100 g) de iogurte light

opção 3: 2 torradas integrais com 1 col. (sopa) de queijo cottage

ALMOÇO

opção 1: Salada mista: 1 prato (sobremesa) de agrião, rúcula, alface e tomate + 1 pires (chá) de brócolis refogados + 4 col. (sopa) de arroz integral + 3 col. (sopa) de feijão + 1 filé (120 g) de peito de frango grelhado + 1 rodela de abacaxi

opção 2: Salada mista: 1 prato (sobremesa) de tomate, alface-americana e repolho-roxo + 1 pires (chá) de escarola refogada + 3 col. (sopa) de purê de batata + 2 col. (sopa) de ervilha + 1 filé (120 g) de carne magra (alcatra, patinho) grelhada + 1 fatia de manga

opção 3: Salada mista: 1 prato (sobremesa) de cenoura e beterraba raladas, pepino e alface-crespa+ 1 pires (chá) de abobrinha refogada + 3 col. (sopa) de arroz (integral, de preferência) + 3 col. (sopa) de grão-de-bico + 1 filé (120 g) de salmão grelhado + 1 fruta (1 fatia de melão ou de abacaxi)

LANCHE DA TARDE

opção 1: 6 amêndoas + 1 caixinha (100 ml) de suco de soja light

opção 2: 1 barrinha de cereal integral light + 1 pote (100 g) de iogurte light

opção 3: 1 fatia de pão integral com 1 fatia de mussarela e 1 fatia de peito de peru

JANTAR

opção 1: 1 prato (fundo) de sopa de legumes com carne ou frango (100 g) e macarrão integral (opcional) + 1 laranja

opção 2: Omelete: 1 gema + 2 claras, tomate picado, cebola e cebolinha + 1 pires (chá) de legumes cozidos (brócolis, acelga, couve-flor, berinjela)  + 1 pera

opção 3: 1 prato (sobremesa) de folhas verdes, tomate, cenoura ralada, pepino, erva-doce) ou 2 xíc. (chá) de legumes cozidos (brócolis, couve-flor, acelga, abobrinha) + 1 filé (120 g) de peito de frango ou peixe assado cozido ou grelhado + 1 fruta (maçã, pera)

CEIA (Opcional)

opção 1: 2 fatias de queijo branco com 1 col. (chá) de geleia diet ou sem açúcar

opção 2: 1 xíc. (chá) de leite desnatado com 1 col. (sobremesa) de achocolatado light

opção 3: 1 pote (100 g) de iogurte light com 1 col. (sobremesa) de aveia

Tempero da salada: 1 col. (sopa) de azeite extravirgem, vinagre ou limão e pouco sal

Beba no mínimo 2 litros de água por dia, sempre entre as refeições

O QUE VOCÊ PODE OU NÃO PODE COMER NA DIETA DAS PROTEÍNAS

Liberados

Alimentos que podem ser consumidos nas fases 1, 2 e 3

  • Whey protein (proteína isolada do soro do leite)
    • Clara de ovo
    • 3 ovos inteiros por semana
    • Leite e iogurte desnatado ou light
    • Queijo minas frescal light 0% gordura,
    • Ricota light
    • Presunto light,
    • Peito de peru light ou frango
    • Carne vermelha magra (patinho, lagarto, rosbife)
    • Carne branca (frango sem pele) e coelho
    • Condimentos (vinagre, ervas aromáticas, alho, limão e sal em dose moderada)
    • Peixe (anchova, sardinha, salmão, atum, cação, pescada, tilápia e Saint Peter)
    • Agrião, alface, brotos de feijão e alfafa, pepino, espinafre, brócolis, couve-flor, rabanete

Proibidos

Alguns voltam a entrar no cardápio na fase 2, outros apenas na 3

  • Açúcar branco e mascavo
    • Farinhas refinada e integral
    • Massa
    • Doce
    • Sorvete (nem os de fruta)
    • Pão (nem os integrais)
    • Batata, mandioca, mandioquinha, batata-doce, cenoura, beterraba, abóbora, tomate, azeitona
    • Sucrilhos
    • Granola
    • Aveia
    • Queijo amarelo e embutidos em geral (salame, mortadela)
    • Refrigerante (nem os diet ou light)
    • Água com gás
    • Fruta seca (passas, damasco, ameixa)
    • Oleaginosa (castanha, nozes, amêndoa)
    • Gelatina diet

 

Dieta da proteína alimentos permitidos: mais músculos e menos barriga
Avalie
-->Aproveite e cadastre seu email abaixo para receber novas atualizações do site. Após colocar o seu email abaixo vai receber um email de confirmação de cadastro não esqueça de clicar.<--

Receba novidades no seu email:

Delivered by FeedBurner

4 Comentários

Deixe uma resposta

Digite abaixo a numeração *