Como parar de fumar cigarro os efeitos e o que pode causar

Bloqueador de anúncios detectado

O Blog Harmonia Natureza é sustentando com exibição de anúncios online para os nossos visitantes. Considere nos apoiar desativando o seu bloqueador de anúncios do navegador.

Largar o cigarro de uma vez só ao invés de ir diminuindo a quantidade do tabaco consumido pode ser mais difícil, mas muitos especialistas concordam que é a forma mais eficiente para acabar com o vício.

Hoje aproveitei para fazer um artigo bem completo sobre a questão do cigarro.

Por se tratar de um hábito (ter algo na boca ou na mão se torna comum e até necessário) é possível substituir o cigarro por algo que não prejudique sua saúde e coloque em risco sua vida. Veja três alternativas ao cigarro que podem fazer parte de sua rotina e ajudar a largar esse produto que mata milhões de pessoas no mundo todo:

Aprenda agora como parar de fumar cigarro

como-parar-de-fumar-cigarro

  1. Para muitos fumantes, o hábito de ter algo em suas bocas durante grande parte do dia por vezes é mais forte até mesmo do que a vontade de fumar. Por isso, muitos ex-fumantes dizem que encontraram um ótimo substituto para o cigarro no chiclete que ajuda a eliminar o hábito de ter algo na boca. Dê preferência para gomas de mascar que não possuem açúcar para evitar um possível ganho de peso;
  2. Fumar faz com que sejam liberadas substâncias como a dopamina, responsável por um sentimento de bem-estar e satisfação, resultado do vício sendo realimentado, uma “trapaça” da nicotina para que se mantenha o vício. Assim, pode-se utilizar a comida para que este mesmo efeito ocorra sem os males que o cigarro traz. Os chocolates amargos por ter grande quantidade de cacau são saudáveis e também liberam dopamina no organismo, sendo uma ótima opção. Claro, na abuse, pois mesmo esse chocolate tendo menos gordura que os comuns, ainda assim pode fazer com que se ganhe peso;
  3. O estresse diário é muitas vezes a razão para que a pessoa fume, mesmo que isso não seja a solução mais adequada para este problema tão comum. Por isso, escolher alguns hobbies que você goste, praticar exercícios físicos ou ioga para aliviar a tensão são alternativas muito melhores do que fumar uma carteira da cigarro após um dia ruim no trabalho.

Mesmo que seja muito difícil ou complicado saber como parar de fumar cigarro para algumas pessoas largar o vício que é fumar regularmente, é possível se livrar desse problema que prejudica a vida de tantas pessoas, assim como seus parentes e amigos por conviver com ela. Eliminar o cigarro como algo rotineiro ou hábito pode ser o primeiro e mais importante passo para vencer essa batalha contra um inimigo terrível que parece um amigo.

Vou dar uma notícia para você – Fumar cigarro causa acne

Já faz um bom tempo que os governos de países do mundo todo utilizam publicidades e propagandas para alertar as pessoas sobre o risco que é fumar cigarros regularmente. Com isso, é praticamente impossível não saber que fumar causa câncer e outras doenças graves, afetando praticamente todos os órgãos do corpo. No entanto, ainda existem algumas condições que muita gente não sabe que são decorrentes da nicotina e outras substâncias tóxicas presentes no cigarro, entre elas até mesmo a acne.

Pesquisadores do Instituto Dermatológico de São Gallicano, em Roma, Itália, afirmaram que o fumo de cigarro faz com que a pessoa seja mais propensa a ter acne, especialmente cravos não-inflamadas e poros bloqueados. Esta “acne dos fumantes” atinge cerca de 42% das pessoas que possuem este hábito terrível, percentual muito maior que a incidência de acne adulta. No entanto, ainda assim existe uma predisposição para quem pode enfrentar este tipo de espinhas resultantes do cigarro.

De acordo com a pesquisa, as mulheres que haviam tido espinhas durante sua adolescência possuíam quatro vezes mais chance de desenvolver a acne do fumante durante sua vida adulta. Até mesmo os não-fumantes podem sofrer com este tipo de problema. Além de quem é fumante passivo, aquelas pessoas que estão constantemente expostas a fumaça podem ter espinhas não-inflamadas, mas que afetam a aparência de forma frustrante.

É claro que existem diversos problemas mais graves que são resultados de fumar regularmente, mas a acne, e outras condições, por vezes estão presentes na vida de fumantes e não se sabe a causa. Ou pelo menos preferem não pensar sobre os malefícios que este produto tóxico causa para seus corpos. Você fuma e quer parar imediatamente?

Como o cigarro afeta a grávida e o bebê

A gravidez é um dos momentos mais especiais para a grande maioria das mulheres, algo que muda a vida da família em diversas formas positivamente. Devido a esta importância, no período de gestação é preciso haver cuidados para que o feto e consequentemente o bebê não seja afetado por uma alimentação ruim, ou qualquer problema que coloque a saúde dele em risco. Por isso, o fumo durante a gestação é totalmente proibido, pois suas consequências são terríveis tanto para o bebê quanto para a mãe.

A mulher que fuma durante a gravidez possui grande risco de causar complicações para a placenta, responsável por prover ao feto nutrientes e oxigênio. Um possível resultado disso é a separação da placenta do útero antes do nascimento do bebê. Isso pode causar o sangramento intenso, colocando a vida da mãe e da criança em risco, principalmente por não haver cirurgia ou tratamento para o problema. Atenção médica imediata por ajudar a evitar o aborto e aumentar a chance de um nascimento saudável.

Muitos estudos científicos associam o fumo durante a gravidez com o nascimento prematuro, e junto a isso, há vários riscos para a saúde do bebê que adentra o mundo nessas condições. Deficiências mentais, dificuldades com a fala, visão ou audição e problemas de aprendizado são apenas alguns dos possíveis resultados para quem nasce prematuramente. Além disso, a chance do desenvolvimento de complicações que resultem em morte pouco tempo após o nascimento é muito maior.

Para a mulher que quer engravidar também é preciso tomar cuidado para eliminar o cigarro, pois a nicotina e as outras substâncias tóxicas que compõem o produto podem causar infertilidade. Parar de fumar pode ser muito mais fácil do que se imagina. Quer saber como largar o vício e até mesmo não ter mais vontade de fumar?

O diário que ajuda a parar de fumar cigarro

diario-ajuda-parar-de-fumar-cigarro

O cigarro causa dependência e depois que a pessoa cria o hábito de fumar com frequência pode se tornar muito difícil largar o vício de forma simples, necessitando muita ajuda para que os danos para a saúde não comprometam a vida. Algumas técnicas podem auxiliar quem realmente deseja parar de fumar, principalmente para que as “armadilhas” que o cigarro possui não afetam seu dia a dia. Assim, manter um diário pouco tempo antes da data que você definiu como o dia para parar de fumar pode ser muito importante.

Um dos problemas que mais faz com que o fumante volte ao vício é a vontade quase impossível de resistir que acontece quando se fica algum tempo sem a nicotina no organismo. Este sintoma que faz parte da abstinência que é necessária passar para eliminar todo resíduo do produto no corpo quase sempre faz com que a pessoa volte a fumar. No entanto, é possível se preparar para os momentos em que isso vai acontecer para que você tenha a força de resistir e melhorar sua vida sem o cigarro.

E é aí que entra o diário. Cerca de uma semana antes da data estipulada para parar de fumar, comece a escrever em um caderno os momentos dos dias que você geralmente sente mais desejo por um cigarro. Por exemplo: Qual era o horário? Em uma escala de 1 a 10, quão intenso foi o seu desejo? O que você fazia? Com quem você estava? O que você sentiu? O que o cigarro fez você sentir? As respostas para estas perguntas vão lhe ajudar a se preparar melhor após largar o cigarro, sabendo exatamente o que, quando e com quem você sentirá vontade de fumar.

É essencial saber que a abstinência é algo que todo fumante deve passar para conseguir largar o cigarro e por isso é necessário se preparar para o momento em que isso acontecerá. Dessa forma, é possível praticar técnicas que ajudam a não fumar como mastigar chiclete, praticar exercícios ou qualquer atividade saudável que tire o seu foco do cigarro.

3 Motivos para que os jovens fumem

O vício no cigarro é algo terrível por causar grande dificuldade em parar de fumar e trazer vários problemas para a saúde, sendo responsável por uma rotina bem mais difícil do que precisaria ser. É bastante comum, infelizmente, que o hábito de fumar comece ainda na juventude, muitas na adolescência, conseguindo cigarros com amigos ou até mesmo comprados por menores de 18 anos, algo proibido por lei. Veja três motivos que podem influenciar os jovens a começar a fumar e colocar em risco sua saúde e sua vida:

1 – O mau exemplo: Diz o ditado que a melhor maneira de ensinar é através do exemplo e isso também serve para o cigarro, principalmente o mau exemplo. Quando se tem um parente na família que fuma constantemente e ainda trata o assunto como brincadeira, pode passar a imagem de quem é algo natural e sem perigos, o que sabemos que não é verdade. Se você é fumante, evite fazer isso perto de jovens, mesmo que não sejam da família, e qualquer não-fumante, pois, além de não arriscar a saúde das outras pessoas, diminui a chance de “atrair” alguém a desejar o cigarro, inclusive quem você ama;

2 – Rebeldia: É durante a adolescência, mais ou menos aos 15 anos, que há o período em que muitos jovens se rebelam, geralmente contra os pais, mas quase sempre sem saber exatamente por qual causa “lutam”. Assim, o cigarro, por ser um símbolo de algo que, mesmo estando dentro da legalidade, é visto como algo transgressor da sociedade, é usado para demonstrar esta rebeldia. O grande problema acontece quando a nicotina causa a dependência e a saúde do jovem se torna refém, recebendo todos os efeitos negativos de suas substâncias maléficas;

3 – Para ser aceito: Ser aceito socialmente, seja no grupo que for, é um desejo de praticamente todo mundo, mas isso é especialmente mais forte na juventude, quando ter amigos parece ser o mais importante no mundo. No entanto, por falta de uma avaliação correta, pode ser que se passe por situações nada agradáveis para ser aceito em determinado grupo. O cigarro pode fazer parte disso. Para ser um dos garotos “descolados” da escola, deve-se fumar como eles, ou como as meninas mais populares. Na idade da imaturidade, o organismo pode não estar pronto o suficiente e se torna dependente, trazendo inúmeros prejuízos para o presente e futuro do jovem;

Quando se atinge certa maturidade, estes fatores podem não influenciar a decisão da pessoa de fumar, mas mesmo, por qualquer motivo, pode-se acabar dependente do cigarro, tamanha é a força da nicotina em viciar. Assim, mesmo os jovens estando mais vulneráveis, fumar uma vez pode ser a porta de entrada para uma vida com muitos gastos e pouca saúde.

Os efeitos negativos do cigarro para os ossos

Praticamente todo mundo conhece os efeitos mais “famosos” que o cigarro causa para a saúde, sempre negativamente: aumentar os riscos de doenças cardíacas, enfisema pulmonar e câncer podem ser mais comuns, mas existe outras condições que podem acontecer com quem fuma frequentemente. As substâncias contidas no cigarro são tão prejudiciais que afetam até mesmo as partes mais resistentes do corpo. Os ossos são severamente prejudicados e podem sofrer consequências terríveis.

Estudos científicos recentes mostraram que existem uma relação direta entre o hábito regular de fumar cigarros com a diminuição da densidade óssea do ser humano. Assim como estar acima do peso e o consumo frequente e demasiado de bebidas alcoólicas, ser fumante ativo também aumenta o risco do desenvolvimento da osteoporose. Essa doença possui como efeito principal o enfraquecimento dos ossos fazendo com que haja maior propensão para que fraturas aconteçam mesmo com impactos não tão fortes.

Mulheres que começam a fumar desde cedo possuem risco ainda maior de desenvolver osteoporose, pois os efeitos dos cigarros fazem com o nível de estrogênio, hormônio feminino, diminua. Isso ainda pode fazer com que a menopausa acabe ocorrendo antes do que o normal. É claro que isso não é restrito para as mulheres, afinal, o homem que fuma por muito tempo desde pouca idade terão grande risco de sofrer com esta e outras doenças.

Parar de fumar é a grande solução para que os efeitos negativos para os ossos sejam amenizados, ainda que para eliminar qualquer risco de osteoporose é preciso largar o cigarro por anos. Ter uma alimentação que ajude a manter a boa condição dos ossos também é muito importante e o cálcio é o nutriente que deve estar presente em sua dieta.

Acesse e leia como fazer para parar de fumar cigarro

Como Parar de Fumar em 5 Passos

Descubra aqui todos os detalhes do processo para você deixar de fumaros malefícios do cigarro, e os sintomas causados no processo de largar o vício e como não ter as famosas recaídas – além de um guia completo com tudo isso, passo a passo para você! CLIQUE AQUI PARA SABER MAIS

Como parar de fumar cigarro os efeitos e o que pode causar
2.9 (57.83%) 277 votes
-->Aproveite e cadastre seu email abaixo para receber novas atualizações do site. Após colocar o seu email abaixo vai receber um email de confirmação de cadastro não esqueça de clicar.<--

Receba novidades no seu email:

Delivered by FeedBurner

Deixe uma resposta

Digite abaixo a numeração *